Início » Blog » Gestão Estratégica » Conheça a história de superação da Prof. Roberta Benek

Conheça a história de superação da Prof. Roberta Benek

nov 16, 2021 | 0 Comentários

Professora Roberta Benek

A Prof Roberta Benek conseguiu vencer a principal barreira que afasta o sucesso empresarial, ela tirou seu projeto do papel e transformou o sonho em realidade abrindo um negócio de sucesso, conheça essa fantástica história de superação..

“A aprendizagem e o ensino são uma expressão de solidariedade, ter a oportunidade de ensinar e aprender com crianças que possuem potenciais que não foram explorados de forma adequada é muito gratificante”. Foi assim que a Prof. Roberta Benek resumiu seu trabalho no espaço pedagógico Sonho de Criança.

Se você gostaria de conhecer um pouco mais sobre o projeto de educação para crianças com defasagem escolar da Roberta e como ela tirou do papel esse sonho tão nobre de ajudar pequenos alunos na jornada do aprendizado, convido a ler esse post e assistir o vídeo logo abaixo.

Inserida no sistema de educação, localizada no município de Guarapuava, Paraná, a prof. Roberta Benek, passou cerca de 27 anos trabalhando com educação básica, alfabetizando milhares de crianças, durante essa jornada percebeu logo no início que o sistema possuía muitas oportunidades de melhoria, não sendo possível atender todas as crianças de forma satisfatória.

Após toda essa experiência, a profissional de educação, passou por uma fase muito desafiadora, superar um quadro de depressão e ainda tirar do papel seu projeto de educação inclusiva, mesmo sem saber por onde começar e como transformá-lo em realidade.

Atualmente a Prof. Roberta Benek é empreendedora da área de educação inclusiva e já emprega vários funcionários.

Acesso rápido a esse conteúdo

O desafio do profissional maduro

Conheça como a Professora Roberta Benek tirou seu projeto do papel e transformou o sonho em realidade abrindo um negócio de sucesso.

Todos nós chegaremos a maturidade profissional, acumulamos muitas experiências com o avanço de nossa idade, porém procurar emprego após os 40 anos é um processo cada vez mais comum, pois as pessoas chegam a essa idade ativas e com as mesmas necessidades financeiras que tinham aos 30 ou aos 35 anos.

Se você faz parte desse grupo, deve saber que pessoas com 40 anos ou mais têm energia, experiência e conhecimento para compartilhar, mas esbarram em uma aparente má vontade das empresas, que nem sempre são simpáticas e acabam impondo dificuldades e barreiras para sua recolocação.

Assim aconteceu com a Roberta que após chegar a sua maturidade profissional, se viu em uma situação inusitada, com muita experiência porém não conseguia emprego, chegando à conclusão que devido sua idade já não haveria mais espaço nesse mercado de trabalho. Essa constatação deixou a Roberta angustiada, levando a desenvolver um quadro de depressão.

Você sabia que estudos apontam que 70% das empresas brasileiras não contrataram pessoas com mais de 50 anos em 2019.  Os principais motivos apontados foram: salário alto (31%), pouca flexibilidade (18%), desatualização (12%) e o risco de ampliar conflitos entre gerações (7%).

De fato, muitas pessoas com mais experiência acabam esbarrando na questão salarial. As empresas dizem que um profissional com mais experiência é “muito caro” ou – outro jargão bastante utilizado nesses casos – é “super qualificado para a vaga”.

Como tirar a estratégia do papel e transformá-la em realidade

Foi nesse contexto que a Professora Roberta Benek, com muita experiência em educação e sem oportunidade de se dedicar a esse ofício, como empregada, precisou de ajuda para criar uma estratégia e tirá-la do papel.

A partir de um processo de mentoria, aprendeu a acreditar em si mesma, despertando uma grande vontade de empreender, tornando possível criar sua estratégia de negócio.

O método usado pela Roberta para transformar o sonho (ter um negócio de sucesso) em realidade, foi baseado em somente dois pilares, no primeiro o foco foi o PLANEJAMENTO, sendo estabelecido o que fazer, onde abrir o negócio, como competir nesse mercado…. já no segundo pilar o objetivo foi a EXECUÇÃO.  Com as orientações que recebeu do instituto 6 sigma, o sonho de ter um espaço pedagógico próprio se tornou possível.

Se você gostaria de conhecer mais sobre o método que a Roberta usou para abrir um negócio de sucesso, aumentar seu faturamento e ainda empregar muitos funcionários, dá uma olhada no link logo abaixo, esse é um curso gratuito.

Se você gostaria ter acesso a mesma ajuda que a Roberta, em uma sessão estratégica gratuita, dá uma olhada nesse link abaixo:

O problema da educação infantil, segundo a Prof. Roberta Benek

Após muitos anos de alfabetização, constatou que os melhores materiais pedagógicos são direcionados para atender a maioria dos alunos e isso por si só é excelente, porém mesmo utilizando excelentes materiais não é possível atingir com eficiência todas as crianças, sempre haverá exceções.

Numa sala de aula é comum ter mais de 20 crianças, que são completamente diferenças, algumas aprendem só de olhar, essas são as visuais, outras aprendem ouvindo, algumas escrevendo e tem ainda as que precisam ser estimuladas em várias áreas para desenvolver seu potencial completo.

Infelizmente é muito desafiador gerar todos os estímulos necessários em sala de aula, o resultado é que algumas crianças não desenvolvem o seu potencial completo e isso não é culpa da criança e sim do sistema que não permite gerar todos os estímulos necessários.

Outro agravante é a política do ensino público, onde é estimulado o avanço dos alunos mesmo sem terem adquirido os conhecimentos da grade curricular, o que agrava o problema de defasagem escolar. Por esse motivo as escolas acabam precisando do apoio dos pais no processo de educação.

Como resolver o problema do acompanhamento para realização das tarefas escolares.

A grande maioria dos pais de alunos possuem uma vida profissional agitada e por esse motivo se faz necessário encontrar alternativas para o cuidado de seus filhos, até os 4 anos existe a opção de creche que auxilia nesse processo, mas o problema é agravado quando a criança atinge a idade de alfabetização e não é mais atendido pelo modelo convencional de creche.

Esse é um momento muito delicado que os pais precisam tomar uma decisão que terá sérios impactos no futuro de seus filhos, as crianças precisam de uma atenção especial no contra turno que vão além de somente cuidar delas, sendo necessário um apoio nas atividades escolares que nem sempre é possível. Geralmente eles procuram a ajuda de babás, empregadas doméstica ou até mesmo deixam aos cuidados dos avós, essa alternativa atende a necessidade de cuidado mas infelizmente deixa a desejar no apoio pedagógico.

Em função das crianças em idade de alfabetização não possuírem a autonomia necessária para realização das tarefas escolares sem apoio é gerado a primeira defasagem, que se não for tratada, resultará em um sério dano no processo de desenvolvimento da criança.

Como muitos pais vivenciam essa dificuldade e gostariam de uma ajudinha nesse processo, o primeiro projeto criado pela Roberta foi disponibilizar uma alternativa para esse público, oferecendo uma opção para o contra- turno escolar, porém com o diferencial de apoio pedagógico, onde um profissional habilitado ajudará a criança nas tarefas escolares.

Esse é um programa de estímulo psico-motor e pedagógico para crianças em idade de alfabetização, que resolve o problema do contra turno escolar, assim os pais podem contar com a ajuda de um profissional de educação no apoio das tarefas escolares e assim se dedicar as suas atividades profissionais sem ter essa preocupação de quem e como está sendo realizado os estímulos para o desenvolvimento de seus filhos, esse é um programa extensivo, de segunda a sexta com carga horária de 4h por dia.

Como a Prof. Roberta Benek resolve o problema de defasagem escolar

Sabendo que os materiais pedagógicos atentem a maioria dos alunos e que existe uma parcela significativa que não é atendida, o resultado é geração da segunda grande causa de defasagem escolar.

Para agravar ainda mais esse processo tivemos a crise sanitária que durou praticamente 2 anos, onde poucos alunos tiveram acesso a aulas on-line de qualidade. Após passarmos essa fase é esperado que a rede de educação pública mantenha a grade curricular empurrando conhecimento “garganta abaixo” das crianças, o que contribuirá ainda mais no aumento da defasagem escolar.

Pensando numa solução, a Prof. Roberta Benek desenvolveu um método próprio, batizado de AICA, para recuperar a defasagens escolares, baseado em 4 pilares: o Ambiente, a Inicialização, a Consolidação e o Aprofundamento.

 O ambiente faz toda a diferença no aprendizado

Para atingir o objetivo de atender crianças com defasagem foi necessário o entendimento das principais causas da dificuldade escolar, muitos estudos apontam que a maioria das crianças que não conseguem acompanhar a escola, se sentem frustradas o que afeta a sua vida social, geralmente a auto estima é atingida criando barreiras para o seu desenvolvimento pleno.

Por esse motivo o primeiro passo foi projetar um ambiente acolhedor, uma casa, parecida com a casa da vovó! Um ambiente inusitado que une a alegria com o ensino. Mas somente o ambiente físico não resolve todo o problema é necessário que seja inclusivo para que o aluno aumente sua auto estima.

Pensando nisso foi desenvolvido um modelo de ensino que não é baseado em séries ou ciclos. Lá, os estudantes de diferentes idades se organizam a partir de interesses comuns para desenvolver projetos e a partir daí os grupos se formam e se desfazem de acordo com os temas e a partir das relações afetivas que os estudantes estabelecem entre si. O objetivo desse projeto é fortalecer a auto estima da criança, através do fortalecimento das amizades através da inclusão social e dessa forma construir um ambiente propício ao aprendizado.

Organização pedagógica da Prof. Roberta Benek





O processo individual de cada estudante passa por três núcleos distintos: o de iniciação, consolidação e aprofundamento. Na iniciação, é realizado o primeiro diagnóstico com objetivo de identificar o nível de defasagem. Na consolidação, a ocorre as intervenções pedagógicas com acompanhamento e reforço nas áreas que a criança possui maior dificuldade. No núcleo de aprofundamento, as crianças assumem um comportamento autônomo, participam do gerenciamento das suas atividades e de atividades do coletivo, se apoderando devido a neutralização da sua defasagem escolar.

Em vez de um único professor, os estudantes acessam todos os orientadores educativos, que os acompanham tanto nas questões de aprendizagem acadêmicas quanto comportamentais.

No lugar de disciplinas, o projeto pedagógico é dividido em três dimensões, apoiadas por docentes e pedagogos e psicólogos: linguística (Língua Portuguesa), lógico-matemática (Matemática), pessoal e social (Formação Pessoal, Ensino Especial e neuropsicologia).

Cada estudante escolhe ainda um tutor, qualquer indivíduo da comunidade escolar – funcionários, professores, pais -, que será responsável por orientá-lo no percurso pedagógico que ele estabelece para si mesmo.  Dessa forma, o aluno e seu tutor avaliam juntos como foi o processo de aprendizagem, se os objetivos foram alcançados, se ficou alguma dúvida e se a criança ou o adolescente está satisfeito com o que alcançou.

Como funciona o método da Prof. Roberta Benek

No processo de alfabetização, as crianças são convidadas a aprender “frases inteiras”, superando a lógica do “beabá” e da cartilha. Inspirados por Paulo Freire e pelo educador francês Célestin Freinet, a escola convida os estudantes a lerem por desejo, pela vontade de decifrar o código das palavras. Convidadas por histórias ou perguntas disparadoras, as crianças desenvolvem de forma autônoma a capacidade da escrita e leitura, cada qual no seu tempo, e no seu próprio ritmo de aprendizagem.

No Espaço pedagógico Sonho de Criança existe dois programas disponíveis, o primeiro é o contra turno com apoio pedagógico nas tarefas escolares com programação de 4h diárias, já o segundo é o reforço escolar nas áreas de defasagem diagnosticadas nos alunos com pacotes iniciais de aulas focadas com cerca de 2h/semana podendo ser customizado conforme a necessidade da criança.

Se você possui um filho que tem alguma dificuldade ou defasagem escolar ou simplesmente procura uma alternativa para o contra turno escolar, vou compartilhar o contato da Prof. Roberta Benek.

Whatsapp
Entre em contato com a Roberta pelo Whatsapp

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *