Início » Blog » Gestão Estratégica » Tudo sobre passivo o que é, quais os tipos e fórmula

Tudo sobre passivo o que é, quais os tipos e fórmula

nov 20, 2021 | 0 Comentários

PASSIVO

Muitos gestores possuem duvidas do que é um passivo no balanço patrimonial, nesse artigo vou demonstrar que esse é um conceito muito simples e se refere a todas as saídas de recursos financeiros do caixa da empresa.

Acesso rápido ao conteúdo desse post:

O que é Passivo Total

O passivo total é formado por duas saídas distintas de recursos no caixa, sendo o passivo circulante e não circulante.

A diferença entre passivo circulante e não circulante é o somente o prazo de vencimento das obrigações para liquidação dos credores.

Gostaria de um modelo de balanço patrimonial totalmente comentado em excel?

Muitos de meus alunos de cursos de planejamento estratégico me pedem um modelo prático de balanço patrimonial, simplificado e de fácil entendimento, por esse motivo elaborei uma planilha para ajudar nossos amigos administradores e aluno, se você gostaria de ter acesso a essa ferramenta, clica no link abaixo.

O que é Passivo Circulante

O passivo circulante é aquele exigível a curto prazo. Ou seja, tudo que for essencial para a manutenção das atividades da empresa nos próximos 12 meses, essas saídas de recursos podem ser apropriadas nos seguintes grupos contábeis.

Tipos de passivo circulante

·         Obrigações Sociais e Trabalhistas

Os encargos sociais e trabalhistas, de forma geral, consistem em tributos que estão diretamente ligados à contratação de mão de obra para a empresa.

Encargos sociais:  engloba FGTS (Corresponde a 8% do valor do salário pago ao funcionário e o valor não é descontado da remuneração), previdência social INSS (Valor pode ser descontado da folha de pagamento e a porcentagem varia de acordo com a faixa salarial), imposto de Renda (O próprio empregador deve fazer o desconto mensalmente na folha de pagamento e repassar ao governo federal).

Encargos trabalhistas: engloba férias e adicional de 1/3 do valor do salário; décimo terceiro salário e vale-transporte

·         Fornecedores

São as obrigações com vencimento inferior a 12 meses podendo ser formado por exemplo pelos pagamentos periódicos feitos de forma parcelada aos fornecedores.

·         Obrigações fiscais

As obrigações fiscais se referem às questões relacionadas ao pagamento de impostos, tais como: CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido); COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social); ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e IRPJ (Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas).

·         Empréstimos e financiamento

São as obrigações da entidade junto a instituições financeiras do País e do Exterior, cujos recursos são destinados para financiar imobilizações ou para capital de giro, com vencimento inferior a 360 dias

·         Outros passivos circulantes

IPTU; IPVA; Água; Luz; Telefone; Aluguel;

·         Provisões

Despesas incorridas, geradas, ainda não pagas, mas já reconhecidas pela empresa: imposto de renda, férias, 13° salário;

Gostaria de uma ajudinha para alavancar os resultados contábeis de seu negócio?

Entendemos que muitos líderes não tem tempo para fazer um curso on-line, por esse motivo preparamos um programa de sessão estratégica totalmente gratuito onde nós do instituto ajudamos a gestores a elaborar um plano de crescimento empresarial, tudo de forma gratuita. Porém devido a alta procura por esse programa foi necessário limitar as vagas, sendo disponibilizado uma cota mensal, se você gostaria de garantir uma vaga, clica no link abaixo:

 O que é Passivo não circulante

Formado por todas obrigações que a empresa se comprometeu a assumir com seus credores e que possuem prazo de vencimento superior a um ano, essas saídas de recursos podem ser apropriadas nos seguintes grupos contábeis.

Tipos de passivo não circulante

·         Passivo não circulante exigível a longo prazo

Conjunto de obrigações que podem ser realizados apenas no próximo exercício contábil. (acima de 360 dias (um ano), segue alguns exemplos: Financiamentos, títulos a pagar e-encargos a pagar

·         Passivo não circulante – Empréstimos e financiamentos

São as obrigações da entidade junto a instituições financeiras do País e do Exterior, cujos recursos são destinados para financiar imobilizações ou para capital de giro, com vencimento superior a 360 dias.

·         Passivo não circulante –  Tributos diferidos

 Imposto diferido é o tributo sobre o lucro que deverá ser pago pela empresa apenas no próximo ano-calendário, esse é um mecanismo que permite pagar o imposto só quando o lucro é creditado. Sendo assim, é uma forma de lançamento que se aplica mais às empresas optantes do regime Lucro Real, em que o lucro líquido é tributado.

·         Passivo não circulante –  Provisões de longo prazo

Compreende os passivos de prazo ou de valor incertos, com probabilidade de ocorrerem no longo prazo.

PROVISÃO PARA RISCOS TRABALHISTAS A LONGO PRAZO: relacionados a pagamento de reclamações trabalhistas, com probabilidade de ocorrerem no longo prazo;

PROVISÕES MATEMÁTICAS PREVIDÊNCIÁRIAS A LONGO PRAZO: relacionados a futuros benefícios previdenciários a serem pagos aos contribuintes, com probabilidade de ocorrerem no longo prazo

PROVISÃO PARA RISCOS FISCAIS A LONGO PRAZO:  relacionados ao pagamento de autuações fiscais, com probabilidade de ocorrerem no longo prazo);

PROVISÃO PARA RISCOS CÍVEIS A LONGO PRAZO: relacionados a pagamento de indenizações a fornecedores e clientes, com probabilidade de ocorrerem no longo prazo;

PROVISÃO PARA REPARTIÇÃO DE CRÉDITOS A LONGO PRAZO: relacionados aos créditos tributários e não tributários reconhecidos no lançamento por parte do agente arrecadador;

PROVISÃO PARA RISCOS DECORRENTES DE CONTRATOS DE PPP A LONGO PRAZO: relacionados aos riscos de demanda, construção, disponibilidade ou outros riscos decorrentes de contratos de PPP;

PROVISÃO PARA OBRIGAÇÕES DECORRENTES DA ATUAÇÃO GOVERNAMENTAL A LONGO PRAZO: relacionados a programas governamentais, como subsídios, auxílios, desonerações, assunção de obrigações ou outros;

 O que é Balanço Patrimonial

Os passivos circulantes e não circulantes são peças essenciais do balanço patrimonial, sendo responsáveis pela contabilização das saídas de caixa, temos também um outro grupo de contas muito importante são os ativos circulantes, ativos não circulantes e patrimônio líquido.

Preparei mais dois artigos para tratar desses assuntos, dá uma olhada no link abaixo:

Como realizar a gestão do balanço patrimonial para aumentar o resultado financeiro da empresa?

Muitos gestores tem dificuldade em fazer as conexões de como transformar a peça contábil. Balanço Patrimonial, em resultado financeiro real. Por esse motivo criei um curso onde abordo como criamos um plano prático de crescimento empresarial que será registrado pelo balanço patrimonial, aqui não tem pegadinha ou metas frouxas a ideia desse curso é aumentar o resultado contábil da empresa que será registrado em sua contabilidade, é um programa do tipo “pé no chão”, sem promessas “mirabolantes” de resultado imediato, a proposta de nosso programa é colher os frutos do crescimento empresarial no médio prazo e de forma sustentável. Se você se interessou nesse assunto, dá uma olhada no link logo abaixo:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *